BRF AMPLIA BASE DE CLIENTES E GERA OPORTUNIDADES PARA O NATAL

23/12/2016 Últimas Notícias

Envie por e-mail

Fechar
Enviar por E-mail Imprimir Baixar PDF
 

Empresa atende mais 240 mil pontos de venda em todo o Brasil atualmente; Também foram criadas mais de 4 mil novas posições para atender a demanda deste período 

A BRF não mediu esforços para fazer deste Natal um dos melhores já vistos até então. Milhares de pessoas foram mobilizadas em torno de um objetivo único: proporcionar uma ceia inesquecível aos brasileiros. Da preparação do campo à exposição dos produtos nas gôndolas dos supermercados, a BRF cuidou de todos os detalhes. Para atender o incremento das vendas, por exemplo, criou mais de 4 mil postos de trabalho (vendedores, repositores e promotores) entre diretos e terceiros.

A base de clientes também cresceu, para mais de 240 mil pontos de vendas somente no Brasil. O incremento gera mais oportunidades de negócios em uma das épocas do ano mais aguardadas pela indústria. Relativo ao portfólio, serão oferecidos ao mercado novas opções de produtos, entre elas, o peru recheado assinado pelo chef britânico Jamie Oliver; o já tradicional e líder de vendas, Chester Perdigão; e cortes de carne suína, justamente as que apresentaram um expressivo aumento de consumo no ano passado.

O pernil, por exemplo, foi o corte suíno que registrou maior crescimento na comparação com 2014, com 7,1% em volume e 11,6% em valor. Pesquisas de mercado indicam que, mesmo em tempos de crise econômica, as pessoas não deixam de investir em alimentação e bebidas para as festas de fim de ano, especialmente na ceia de Natal. Por ser um momento de tradição, parte da cultura do brasileiro, os consumidores se permitem investir em produtos de qualidade e marcas de confiança.

Dados de mercado indicam também que, em 2015, as vendas de aves comemorativas, que incluem Chester Perdigão e Supreme Sadia, movimentaram mais de R$ 270 milhões. O segmento de Perus movimentou mais de R$ 130 milhões; e os cortes suínos, que incluem tender, lombo e pernil, atingiram cerca de R$ 270 milhões. “Isso significa que a BRF vai disputar um mercado de cerca de R$ 670 milhões este ano”, ressalta Leonardo Byrro, GM Brasil de planejamento e distribuição da BRF.

REFORÇO NAS VENDAS

A BRF conclui em setembro deste ano mais uma etapa do projeto go-to-market, que racionaliza a atuação da empresa na frente comercial. “Nesta nova etapa do processo, fizemos um trabalho extenso para entender quais são os clusters de clientes que têm perfis parecidos e, desta forma, aprimorar a abordagem e o portfólio de produtos para melhor atendê-los”, explica Rafael Ivanisk, GM Brasil responsável pelas áreas de vendas e marketing.

Ao segmentar os clientes a BRF reorganizou a equipe de vendas, montando uma estrutura de atendimento muito mais especializada e customizada. Com essa medida, a empresa também conseguiu adequar a frequência de visitas, estabelecendo uma grade de entregas mais precisa. “Em termos práticos, destaco as operações realizadas no Rio de Janeiro, que já registraram um resultado quase 8% maior em volume que o obtido a partir da estrutura anterior”, ressalta o executivo.

Esse indicativo demonstra que a nova estrutura deve gerar novas oportunidades de negócios para a BRF no final do ano. “Trabalhamos em todas as frentes, campo, indústria, logística, marketing e comercial, para aprimorar todos os processos da empresa e, consequentemente, elevar o nosso nível de serviço”, afirma Ivanisk. “Embora o consumidor esteja mais cauteloso este ano, esperamos ampliar as nossas vendas”, conclui o executivo.