Notícias

01/06/2021 11h37

BALANCE DÁ DICAS DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA CÃES COM APETITE SELETIVO

Dieta dos cães deve ser equilibrada e nutritiva a fim de suprir todas as necessidades dos pets

Imagem de destaque

A alimentação dos cães deve conter os nutrientes necessários para que eles tenham uma vida saudável e longeva. No entanto, alguns pets recusam os alimentos oferecidos ou criam hábitos na hora das refeições que, muitas vezes, podem atrapalhar sua qualidade de vida. Pensando nisso, especialistas de Balance prepararam uma lista sobre apetite seletivo em cães, com informações e dicas para lidar com bichinhos na hora de comer. Confira:

·        Cães que se alimentavam normalmente e passaram a separar ou recusar ração e petiscos

O quadro pode ser clínico e deve ser investigado, pois é possível que o animal sofra de desconforto gastrointestinal causado por fatores diversos, que somente um exame clínico é capaz de indicar com precisão o diagnóstico. Além disso, a condição pode ser associada à gastrite ou doença intestinal inflamatória, sobrepeso, infecções crônicas como hemoparasitoses (transmitidas por carrapatos) e desconforto abdominal por excesso de carboidratos na dieta. Más condições de saúde oral, como inflamações na gengiva e dores de dente também atrapalham o animal na hora de se alimentar.

O ideal é levar o pet ao veterinário para descobrir a causa correta e iniciar o tratamento apropriado para cada tipo de situação.

·        Alimentação inadequada

Muitos tutores oferecem ração com comida para incentivar a alimentação dos pets. A tática pode prejudicar o equilíbrio da dieta, gerando problemas como o sobrepeso, além de fazer com que os animais se recusem a comer a ração pura, que já fornece todos os ingredientes balanceados em sua composição. É importante ressaltar que a comida humana nem sempre é apropriada para os pets, uma vez que alguns ingredientes comuns para nós podem ser tóxicos para cães. Por isso, o ideal é consultar um médico veterinário antes de oferecer algo além da ração. A solução para que o bichinho volte a se alimentar normalmente é oferecer somente a ração sem complementos, até que ele se acostume novamente com a rotina das refeições.

·        Refeições sem horários fixos

Deixar os comedouros sempre abastecidos não é aconselhável para pets com apetite seletivo por dois motivos: o primeiro é que, com a alimentação fracionada, o tutor não consegue mensurar se o cão está se alimentando corretamente e ingerindo a quantidade necessária de ração por dia. O segundo, é que o alimento perde nutrientes e umidade, ficando murcho e menos palatável para o animal e, ao ficar exposto, também pode atrair insetos, pássaros e, até mesmo, roedores, o que compromete a higiene e a qualidade da porção oferecida. Comendo a quantidade adequada de ração, o pet terá suas necessidades nutricionais atendidas. Ainda assim, caso o tutor queira agradá-lo, é preferível oferecer um petisco ocasionalmente.

·        Transtorno de Ansiedade de Separação

Alguns cães só se alimentam na presença de seus tutores. Esse distúrbio comportamental pode gerar apetite seletivo e causar problemas nutricionais, já que muitos pets, ao ficarem sozinhos, não tocam na ração servida.  Como falado no tópico anterior, a ração perde valores nutricionais e qualidade ao ficar exposta e, por isso, deve ser descartada caso o animal não coma assim que for oferecida. Se esta atitude for habitual, é necessário procurar um especialista em comportamento animal para trabalhar em maneiras de solucionar o Transtorno de Ansiedade de Separação do bichinho.

Ao identificar a causa do apetite seletivo, os tutores devem insistir em uma alimentação nutritiva e balanceada. O animal de estimação deve ter uma rotina alimentar, com horários determinados e porções adequadas. Dessa forma, é mais fácil acompanhar o bem-estar e garantir uma vida mais saudável ao pet.

Sobre Balance

Balance é uma ração premium especial e foi desenvolvida por um time de profissionais e veterinários nutricionistas qualificados que amam e entendem de pet como ninguém. O resultado é um alimento mais saudável, completo e balanceado, sem corantes ou aromatizantes artificiais e com alto teor de proteínas.

Sobre a BRF

Uma das maiores empresas de alimentos do mundo, a BRF está presente em mais de 117 países e é dona de marcas icônicas como Sadia, Perdigão e Qualy. Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa. Pautada pelos compromissos fundamentais de segurança, qualidade e integridade, a Companhia baseia sua estratégia em uma visão de longo prazo e visa gerar valor para seus mais de 95 mil colaboradores no mundo, mais de 300 mil clientes e aproximadamente 10 mil integrados no Brasil, todos os seus acionistas e para a sociedade.