Notícias

12/03/2021 14h53

BRF COMEÇA O ABATE DE PERUS NATALINOS EM MARÇO

A catarinense Chapecó é a única unidade da Companhia preparada para atender a demanda das comemorações de fim de ano

Imagem de destaque

Uma das maiores empresas de alimentos do mundo, a BRF iniciou em março o abate de perus para atender a demanda das festas de fim de ano. Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, é a única unidade da Companhia que produz perus natalinos temperados das marcas Sadia e Perdigão, líderes de mercado no País. Além de novos SKUs (Stock Keeping Unit, uma espécie de identidade de cada item) de perus inteiros, a planta também prepara cortes de peito de peru temperado para comercialização em bandejas de 800 gramas, oferecendo novas opções de consumo da proteína aos consumidores.

O ciclo de produção desse tipo de proteína se inicia no verão anterior, em março, com a criação nas granjas, sob um rigoroso programa de bem-estar animal alinhado com a legislação brasileira e padrões internacionais. O período de abate deve ocorrer até novembro, quando os produtos chegam nos pontos de venda.

O diretor regional de operações da BRF no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Sandro Leite, afirma que a produção da linha de comemorativos é uma das mais importantes da Companhia para deixar as celebrações de Natal de milhões de famílias brasileiras ainda mais saborosas.

Sobre a BRF

Uma das maiores empresas de alimentos do mundo, a BRF está presente em mais de 130 países e é dona de marcas icônicas como Sadia, Perdigão e Qualy. Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa. Pautada pelos compromissos fundamentais de segurança, qualidade e integridade, a Companhia baseia sua estratégia em uma visão de longo prazo e visa gerar valor para seus mais de 95 mil colaboradores no mundo, mais de 300 mil clientes e aproximadamente 10 mil integrados no Brasil, todos os seus acionistas e para a sociedade.