Notícias

19/01/2021 11h02

BRF CONCLUI AQUISIÇÃO DE PROCESSADORA DE ALIMENTOS NA ARÁBIA SAUDITA

Companhia amplia presença no mercado internacional com produção local e investirá cerca de US$ 7,2 milhões para ampliar capacidade da Joody Al Sharqiya Food

Imagem de destaque

A BRF, uma das maiores indústrias de alimentos do mundo, concluiu a aquisição de 100% da Joody Al Sharqiya Food Production Factory, empresa que desenvolve atividades de processamento de alimentos a partir de uma planta localizada em Dammam, na Arábia Saudita.

A operação considerou um enterprise value de SAR 29,7 milhões (aproximadamente US$ 8 milhões), sujeito a ajustes pós-fechamento habituais em transações desta natureza e dá continuidade aos planos de aquisição anunciados ao mercado em maio de 2020. Com a conclusão do negócio, a BRF iniciará a implementação de um projeto de expansão da capacidade de processamento da planta de 3.600 toneladas /ano para 18.000 toneladas /ano, com investimento adicional estimado de US$ 7,2 milhões.

“Essa operação integra a agenda estratégica Visão 2030 da BRF, que tem como um de seus focos ampliar a presença local em mercados prioritários que são grandes consumidores de alimentos de valor agregado”, diz Lorival Luz, CEO Global da BRF.

A Joody Al Sharqiya produz cortes empanados de carnes, hambúrgueres e marinados, entre outros alimentos processados.

 Sobre a BRF

Maior exportadora global de frango do mundo, a BRF está presente em mais de 130 países e é dona de marcas icônicas como Sadia, Perdigão e Qualy. Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa. Pautada pelos compromissos fundamentais de segurança, qualidade e integridade, a Companhia baseia sua estratégia em uma visão de longo prazo e visa gerar valor para seus mais de 90 mil colaboradores no mundo, mais de 260 mil clientes e aproximadamente 10 mil integrados no Brasil, todos os seus acionistas e para a sociedade.