Notícias

05/10/2018 11h40

BRF PROMOVE COMPETIÇÃO NO GAME XP E MOBILIZA JOVENS PROGAMADORES

Maratona tecnológica desenvolvida em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, reuniu 25 candidatos e seis propostas inovadoras

Imagem de destaque

Quatro jovens empreendedores do Rio de Janeiro, apaixonados por tecnologia, venceram a maratona tecnológica proposta pela BRF no Game XP, a maior feira de games da América Latina, e irão visitar uma das 35 fábricas mantidas pela empresa no Brasil. A iniciativa foi realizada no Rio de Janeiro, entre 6 e 9 de setembro, em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), e buscou novas soluções para fomentar o processo de purificação da água utilizada pela indústria, antes de devolve-la ao meio-ambiente. 

A equipe vencedora foi a Comflow, que apresentou uma proposta de plataforma virtual que propõe o treinamento, a gestão do conhecimento e a medição de desempenho dos colaboradores da indústria durante o processo de purificação da água. Com isso, espera-se que o trabalho seja simplificado, tornando-o mais dinâmico e de fácil assimilação pela equipe que executa a atividade. Além disso, por ser uma ferramenta virtual, a indústria ganha em escala, ou seja, tem a possibilidade de replicar o dispositivo com facilidade em outros processos, otimizando os investimentos direcionados à área. 

O protótipo pode ser executado em qualquer sistema operacional, desde que conectado à internet. Com interface amigável, a ferramenta proporciona um nível de interatividade que não existe no processo atual, pois disponibiliza por meio de módulos específicos, conteúdos que ampliam o conhecimento do colaborador e, consequentemente, a precisão do trabalho executado. Além disso, a solução pode gerar gráficos que possibilitam avaliar a performance do funcionário e, também, uma melhora significativa na gestão do conhecimento.     

Em segundo lugar ficou o grupo Renovação Virtual, que criou um aplicativo de realidade virtual que permite o treinamento dos funcionários por meio de uma simulação da estação de tratamento de água da fábrica. O terceiro colocado foi o time Evobran, que apresentou um game que simula o dia a dia na estação de tratamento, no qual os colaboradores são avaliados de acordo com a pontuação no jogo.  

“Acreditamos que iniciativas como essa maratona, conhecida no segmento de tecnologia como Hackathon, além de fomentar a criatividade e inovação, contribuem para a renovação dos processos industriais, tornando-os melhores e mais dinâmicos. Essa é uma premissa decisiva para se destacar em um mercado altamente competitivo como o de alimentos, segmento no qual a BRF está inserida”, explica Cyro Calixto, especialista em Engenharia Industrial da BRF. 

O Hackathon BRF, partiu de uma metodologia desenvolvida pela Haze Shift Studio e durou 36 horas. A iniciativa contou com a participação de 25 pessoas, divididas em seis grupos, que apresentaram soluções inovadoras voltadas ao ensino e treinamento do processo de purificação da água utilizada pela indústria. 

A escolha dos vencedores foi realizada por uma banca composta por um representante da ABDI, representantes da BRF, e especialistas em inteligência artificial, realidade virtual e inovação e tecnologia. A cerimônia de premiação, realizada no palco principal da Inova Arena, contou ainda com a participação do mascote tecnológico da Inova Arena, o Robozão.

Sobre a BRF

A BRF é uma das maiores companhias de alimentos do mundo, com mais de 30 marcas em seu portfólio, entre elas, Sadia, Perdigão, Qualy, Paty, Dánica, Bocatti e Vienissima. Seus produtos são comercializados em mais de 150 países, nos cinco continentes. Mais de 100 mil funcionários trabalham na companhia, que mantém mais de 50 fábricas em oito países (Argentina, Brasil, Emirados Árabes Unidos, Holanda, Malásia, Reino Unido, Tailândia e Turquia).