Notícias

05/10/2018 11h40

BRF PROMOVE COMPETIÇÃO NO GAME XP E MOBILIZA JOVENS PROGAMADORES

Maratona tecnológica desenvolvida em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, reuniu 25 candidatos e seis propostas inovadoras

Imagem de destaque

Quatro jovens empreendedores do Rio de Janeiro, apaixonados por tecnologia, venceram a maratona tecnológica proposta pela BRF no Game XP, a maior feira de games da América Latina, e irão visitar uma das 35 fábricas mantidas pela empresa no Brasil. A iniciativa foi realizada no Rio de Janeiro, entre 6 e 9 de setembro, em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), e buscou novas soluções para fomentar o processo de purificação da água utilizada pela indústria, antes de devolve-la ao meio-ambiente. 

A equipe vencedora foi a Comflow, que apresentou uma proposta de plataforma virtual que propõe o treinamento, a gestão do conhecimento e a medição de desempenho dos colaboradores da indústria durante o processo de purificação da água. Com isso, espera-se que o trabalho seja simplificado, tornando-o mais dinâmico e de fácil assimilação pela equipe que executa a atividade. Além disso, por ser uma ferramenta virtual, a indústria ganha em escala, ou seja, tem a possibilidade de replicar o dispositivo com facilidade em outros processos, otimizando os investimentos direcionados à área. 

O protótipo pode ser executado em qualquer sistema operacional, desde que conectado à internet. Com interface amigável, a ferramenta proporciona um nível de interatividade que não existe no processo atual, pois disponibiliza por meio de módulos específicos, conteúdos que ampliam o conhecimento do colaborador e, consequentemente, a precisão do trabalho executado. Além disso, a solução pode gerar gráficos que possibilitam avaliar a performance do funcionário e, também, uma melhora significativa na gestão do conhecimento.     

Em segundo lugar ficou o grupo Renovação Virtual, que criou um aplicativo de realidade virtual que permite o treinamento dos funcionários por meio de uma simulação da estação de tratamento de água da fábrica. O terceiro colocado foi o time Evobran, que apresentou um game que simula o dia a dia na estação de tratamento, no qual os colaboradores são avaliados de acordo com a pontuação no jogo.  

“Acreditamos que iniciativas como essa maratona, conhecida no segmento de tecnologia como Hackathon, além de fomentar a criatividade e inovação, contribuem para a renovação dos processos industriais, tornando-os melhores e mais dinâmicos. Essa é uma premissa decisiva para se destacar em um mercado altamente competitivo como o de alimentos, segmento no qual a BRF está inserida”, explica Cyro Calixto, especialista em Engenharia Industrial da BRF. 

O Hackathon BRF, partiu de uma metodologia desenvolvida pela Haze Shift Studio e durou 36 horas. A iniciativa contou com a participação de 25 pessoas, divididas em seis grupos, que apresentaram soluções inovadoras voltadas ao ensino e treinamento do processo de purificação da água utilizada pela indústria. 

A escolha dos vencedores foi realizada por uma banca composta por um representante da ABDI, representantes da BRF, e especialistas em inteligência artificial, realidade virtual e inovação e tecnologia. A cerimônia de premiação, realizada no palco principal da Inova Arena, contou ainda com a participação do mascote tecnológico da Inova Arena, o Robozão.

Sobre a BRF

Maior exportadora global de frango do mundo, a BRF está presente em mais de 140 países e é dona de marcas icônicas como Sadia, Perdigão e Qualy.  Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa. Pautada pelos compromissos fundamentais de segurança, qualidade e integridade, a Companhia baseia sua estratégia em uma visão de longo prazo e visa gerar valor para seus 90 mil colaboradores, mais de 12 mil integrados, mais de 250 mil clientes no mundo, todos os seus acionistas e para a sociedade.