Notícias

21/08/2020 14h49

BRF USA ATENDENTE VIRTUAL EM REFORÇO ÀS MEDIDAS CONTRA A COVID-19

Antes de sair de casa rumo ao trabalho, colaboradores respondem via celular a perguntas da "Flor do RH", que orientam uma autoavaliação

Imagem de destaque

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, incorporou a sua atendente virtual de RH aos esforços de combate à Covid-19. Antes de sair de casa rumo ao trabalho, colaboradores respondem via celular a perguntas da “Flor do RH”, que orientam uma autoavaliação. Essa rotina passou a ser adotada nas plantas de Marau (RS), Mineiros (GO) e Ponta Grossa (PR), as primeiras a implantarem esse modelo, de forma piloto. Depois de um período de duas semanas de testes nesses locais, será estendida para todas as unidades da BRF.

Na “conversa” com a atendente virtual, o colaborador responde “sim” ou “não” a quatro perguntas iniciais, com o objetivo de conferir se nas 24 horas anteriores teve, por exemplo, febre, algum sintoma de cansaço, dor no corpo ou perda de paladar e se teve contato com alguém com essas características. Se uma das respostas for “sim”, a Flor informa automaticamente o RH de que o funcionário não pode trabalhar e o orienta que imediatamente ligue para o DR. BRF, serviço de telemedicina da Companhia.

A Flor do RH já existia, mas nos últimos meses foi aprimorada. "Cada vez ela vem ficando mais inteligente para responder a mais perguntas", constata Deborah Furbeta, Coordenadora RH da Unidade Marau. 

Alertada pela atendente virtual, o RH da unidade entra em contato com o colaborador para conferir se ele ligou para o DR. BRF e qual orientação recebeu. Além disso, aplica um questionário de perguntas mais detalhado, com pontuações para tentar entender melhor como está o colaborador. Dependendo da pontuação, ele é encaminhado para exame RT-PCR, específico de Covid-19, e orientado a aguardar em casa, pelo menos até o resultado do teste. Também é iniciada uma busca ativa para verificar como estão pessoas com quem a pessoa teve contato nos dias anteriores.

A conversa com a Flor do RH deve ocorrer antes do início do trabalho, não apenas nas unidades, mas também em clientes, quando for o caso, e antes do embarque no transporte fretado. Quando não há celular, é feito por formulário padrão disponível nas portarias.

Para o colaborador que não apresenta nenhum sintoma de Covid-19, ao final da avaliação, a Flor do RH envia uma mensagem agradecendo por responder às perguntas e o libera para o trabalho. No caso dos formulários preenchidos nas portarias das unidades, o time da recepção orienta sobre os protocolos.

 

Independentemente desse novo procedimento, a BRF mantém a orientação que adotou desde o início da pandemia, dentro de uma série de medidas protetivas, que utilizam outras tecnologias e rotinas: quem apresenta algum sintoma de Covid deve procurar imediatamente atendimento e orientação médica e não se dirija ao trabalho. 

Sobre a BRF

Maior exportadora global de frango do mundo, a BRF está presente em mais de 130 países e é dona de marcas icônicas como Sadia, Perdigão e Qualy. Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa. Pautada pelos compromissos fundamentais de segurança, qualidade e integridade, a Companhia baseia sua estratégia em uma visão de longo prazo e visa gerar valor para seus mais de 90 mil colaboradores no mundo, mais de 250 mil clientes e aproximadamente 10 mil integrados no Brasil, todos os seus acionistas e para a sociedade.