Notícias

02/03/2021 14h02

DIGITAL LAB ACELERA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NA BRF

Curitiba abriga um polo de desenvolvimento de tecnologias que antecipam o futuro em uma Companhia que desde 2017investiu R$ 300 milhões em transformação digital

Imagem de destaque

A BRF já é uma das maiores empresas de alimentos do mundo e para crescer ainda mais dá prioridade à inovação. Desde 2017, a Companhia investiu R$ 300 milhões em transformação digital e planeja investir mais R$ 700 milhões até 2025. Além dos esforços de cada unidade, a empresa dispõe de centros que aceleram o desenvolvimento de novas tecnologias em benefício de toda a cadeia, do campo à mesa. Um desses polos de inovação da BRF é Curitiba, sede da direção global de Tecnologia de Informação (TI) da BRF e base do Digital Lab.

“A tecnologia é um meio, e não um fim para alcançar bons resultados. Nosso foco é o cliente, é para ele que devemos ser necessários e agregar valor”, afirma Antonio Carlos Cesco, diretor global de TI da BRF. “Com essa visão, potencializamos nossa transformação com o Digital Lab, que tem atuação integrada com áreas parceiras da Companhia e impulsiona o crescimento da BRF.” 

Criado em 2019, o Digital Labprojeta, permanentemente, soluções que vão impactar o futuro da BRF, dos colaboradores e de seus clientes em todo o mundo. Uma das principais características do laboratório é o trabalho com times multidisciplinares. “Queremos estreitar ainda mais a conexão com o ecossistema de empresas startups e facilitar a inovação por meio da tecnologia, que faz parte do DNA da BRF”, ressalta Rafhael Paulo, gerente do Digital Lab&Change Management.

O trabalho do Digital Lab tem base em três pilares:

·        Conexão– Conecta a BRF com empresas de tecnologia, de startups a grandes corporações. No ano passado, o laboratório fez mais de 150 conexões para desenvolvimento de iniciativas tecnológicas.

·        Facilitação– Contribui para a capacitação de áreas parceiras dentro da BRF, com metodologias de estímulo à inovação, como agilebusiness e design thinking, que auxiliam as equipes a pensarem de maneira ágil e efetiva para entregar soluções de valor para os clientes. Desde 2019, já foram capacitados mais de 1.700 colaboradores da BRF globalmente.

·        Experimentação– Explora tecnologias emergentes como realidade aumentada, reconhecimento de imagem, internet das coisas, inteligência artificial, algoritmos avançados para produzir produtos experimentais e testes de conceito.

Uma das soluções desenvolvidas no Digital Lab é um filtro de Realidade Aumentada para redes sociais, pelo qual, em 2020, os consumidores foram capazes de acompanhar, em tempo real, a quantidade de produtos doados pela Companhia, por região do Brasil.

O laboratório também investe em assistentes virtuais, os chatbots, robôs de conversação que usam inteligência artificial e criam interface com seres humanos. É o caso da Flor do RH, que, por meio de um aplicativo de telefone celular, já fez atendimentos a mais de 42 mil colaboradores desde a implementação, há três anos. A Flor do RH responde a dúvidas de recursos humanos, atende solicitações por voz, emite documentos e está em constante evolução.

Sobre a BRF

Uma das maiores empresas de alimentos do mundo, a BRF está presente em mais de 130 países e é dona de marcas icônicas como Sadia, Perdigão e Qualy. Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa. Pautada pelos compromissos fundamentais de segurança, qualidade e integridade, a Companhia baseia sua estratégia em uma visão de longo prazo e visa gerar valor para seus mais de 95 mil colaboradores no mundo, mais de 300 mil clientes e aproximadamente 10 mil integrados no Brasil, todos os seus acionistas e para a sociedade.